Vela de cera de soja

A cera de soja, é um produto vegetal totalmente ecológico e não bioacumulativo, que serve muito bem como alternativa à parafina, pois, por quase não conter odor, ela aceita a adição de fragrâncias e produz uma excelente queima.

Materiais:

– Cera de soja ralada ou granulada, aqui, aqui e aqui,
– Essência para velas, aqui, (use a essência de base oleosa),
– Pigmento para velas, aqui, (use o corante de base oleosa),
– Pavio com ilhós, aqui,
– Potinhos ou mini copos de vidro, aqui, aqui e aqui,
– Panelas de banho-Maria para vela, aqui e aqui,
– Palitos de picolé,
– Pregador.

Obs.: A maioria das ceras de soja disponíveis no mercado Brasileiro possuem de 20% à 50% de parafina em sua composição, por isso, se desejar uma cera pura, busque em sites de importação.

Instruções:

– Use o próprio copo de vidro como medidor, para isso, basta enche-lo cerca de 3/4 com a cera granulada,
– Despeje a cera na panela e leve-a ao fogo em banho-Maria,


– Espere a cera derreter completamente, depois, adicione a essência e o corante, (lembre-se de só adicionar a essência com a cera morna, se ela estiver muito quente, uma parte da fragrância irá evaporar, diminuindo a potência do perfume),


– Misture com muito cuidado e delicadamente, para evitar criar bolhas de ar dentro da cera,
– Pingue algumas gotas da cera derretida no fundo do copo de vidro e grude o pavio,


– Em seguida, despeje o restante até completar o copo,


– Coloque as palitos de picolé em ambos os lados do pavio e use um pregador para segurar e centralizar o fio,


– Deixe a vela endurecer em temperatura ambiente sem mexer o copo de lugar,
– Quando a vela estiver completamente endurecida, remova os palitos e corte o excesso do pavio.

Projeto: The Etsy Studio Team

34 thoughts on “Vela de cera de soja

  1. Nossa…que lindas! eu amo velas e faço as minhas já a algum tempo… muito obrigada por compartilhar essa nova cera… vou fazer as minhas também e agora veganas… um grande abraço! Muita paz e luz para ti!

  2. Bom dia, encomendei a cera de soja para produzir velas em casa e gostaria muito que elas exalassem os cheiros que eu escolher, porém está sendo incrivelmente difícil encontrar variedade de essências para velas. O que tu me recomenda usar? É somente essência oleosa? Como essa cera vegetal se comporta na presença de essências a base de água? Help! hehe

    1. Bom dia Carolina, é importante usar a essência oleosa, pois só ela se misturará perfeitamente na parafina. Se você usar a essência com base aquosa ou a com base alcoólica, elas com certeza não ficarão incorporadas corretamente.

      Mas se mesmo assim você quiser usar uma essência aquosa, então faça um teste em uma pequena porção da sua parafina, derreta, misture e deixe endurecer, observe-a por alguns dias para chegar em uma conclusão.

      Espero ter te ajudado.

      :)

    2. Olá caroline, boa noite

      Você poderia compartilhar comigo seu fornecedor de cera de soja?
      Muito obrigada

  3. Olá, gostaria de saber como corrigir a depressão que a cera de soja ou parafina fazem entorno do pavio ao começar a resfriar. Você sabe me ajudar?
    Obrigada

    1. Oi Natalia,

      É normal o centro afundar, isso é conseqüência da contração da parafina ao se resfriar.

      Para nivelar a superfície você pode usar dois métodos:

      Preencher o buraco com mais cera. Mas não deixe a mistura ultrapassar a altura da vela, pois ao secar vai ficar aparecendo.

      Ou utilizando pedacinhos de cera: introduza pedaços perto do pavio e complete com mistura básica sem exceder a já colocada.
      Aqui tem uma dica detalhada desse processo: http://jovem-artesa.blogspot.com.br/2013/07/bom-para-confeccao-de-uma-vela-todo.html?m=1

      Espero ter te ajudado.
      :)

  4. Ajudou sim! Muito obrigada. E você por acaso já usou na sua mistura oléo de coco ou damasco para deixar a essencia mais fixada a cera de soja? inclusive, para esse tipo de vela ‘natural’ nao estou usando cera micro e estearina. Acha melhor também?

    1. Eu não uso estearina e nem a cera micro, eles servem para “melhorar” a aparência da vela, e a soltar da forma, mas não acho necessário, já que minhas velas são para uso doméstico e eu não ligo que fiquem com imperfeições. Geralmente compro a cera pura, mas tem que ficar de olho nos rótulos dos produtos, pois as vezes, esses componentes vem misturados com a cera base.

      Fiquei interessada sobre o uso do óleo de coco e do óleo de damasco, não conheço esse método, vou pesquisar para saber mais. Já vi velas feitas com óleo de coco (da marca Voluspa), mas não sei como esses óleos reagem se misturados com a cera de soja.

  5. Boa tarde, eu estou fazendo velas com cera de soja e estou tendo dois principais problemas: uma erupção em volta do pavio e as velas estão rachando enquanto secam. Já tentei aquecer os vidros, colocar os vidros em cima de panos, no mármore, colocar a cera mais quente nos vidros ou quase endurecendo, mas não consigo acertar. Você teria alguma dica para me dar? desde ja, agradeço sua atenção.

    1. Boa tarde, Paula,

      É normal o centro afundar, isso é conseqüência da contração da parafina ao se resfriar.
      Para nivelar a superfície você pode usar dois métodos:

      Preencher o buraco com mais cera. Mas não deixe a mistura ultrapassar a altura da vela, pois ao secar vai ficar aparecendo.

      Ou utilizando pedacinhos de cera: introduza pedaços perto do pavio e complete com mistura básica sem exceder a já colocada.
      Aqui tem uma dica detalhada desse processo: http://jovem-artesa.blogspot.com.br/2013/07/bom-para-confeccao-de-uma-vela-todo.html?m=1

      No caso da vela rachada, talvez aconteça, pois provavelmente sua cera esteja sem “gordura” suficiente na composição, neste caso, eu recomendo o uso da estearina, que é uma gordura que além de facilitar o desmolde, dilui o corante, fixa a essência e dá mais flexibilidade á parafina. Você deve usar na proporção de 5% de estearina para 95% de cera.
      Outro ponto que deve ser observado, é que todos os demais ingredientes misturados à cera de soja devem ser de base oleosa; o corante, as essências e qualquer outro aditivo que você desejar usar. Nunca use nada de base alcoólica ou de base aquosa.

      Espero ter te ajudado.
      :)

    2. Oi Paula, também estou tendo o mesmo problema, você já conseguiu solucionar isto? Comprei a cera de soja de um fornecedor da internet, será que a cera não é de boa qualidade?

      1. Boa tarde, eu vendi velas de soja com essência de óleo de citronela, mas a vela durou somente 2 dias e derreteu muito em volta do pirex. Em que estou errando?

        1. Olá Rita,

          Eu não sei o tamanho da vela que você fez, então fica um pouco difícil de descobrir sua provável duração, mas vale ressaltar que a cera de soja não é a mais duradoura que existe, a cera de abelha por exemplo dura mais. Cada cera contém hidrocarbonetos diferentes, uns mais inflamáveis e outros menos, isso determina não só a qualidade da vela como também sua duração. Por isso se você quer uma vela que demore muito para queimar, eu sugiro que use cera de abelha ou parafina.

          Você pode também usar 10% de Cera-Micro/Parafina Macro para cada 1kg de cera. Ela serve para dar mais rigidez e brilho a vela, (mas lembre-se que se você quer fazer uma vela de soja não poluente e vegana, então não pode usar cera micro, ela e a parafina são derivadas de petróleo).

          Tem que lembrar também que, quanto mais óleo for usado em proporção com a cera/parafina, mais forte ficará a essência, porém mais rápido o pavio irá queimar, e o desempenho da vela será menor.

          Espero ter te ajudado :)

    3. Boa noite Paula, eu estou com o mesmo problema. Você conseguiu solucionar? Estou sem saber o que fazer. Desde já agradeço.

    4. Olá Paula, boa noite
      Você poderia compartilhar comigo seu fornecedor de cera de soja?
      Muito Obrigada
      Juliana

  6. Olá, Carla.
    Tudo bem?
    Vou começar a fabricar velas ecológicas artesanais, feitas com cera derivada da soja, só que em nenhum lugar encontro as quantidades corretas de gostas de essências para cada 100g de matéria prima. Você poderia me ajudar?
    Desde já agradeço

    1. Olá, Silvia, tudo ótimo e com você?

      A quantidade dependerá da concentração da essência. Quanto mais concentrado o produto, menor o número de gotas, mas geralmente para cada 500g de cera derretida, eu uso 20ml (para essências fortes) e 40ml (para essências suaves).
      Mas é importante só adicionar a essência quando a cera estiver morna, se você acrescentar com ela muito quente, pode acontecer da fragrância ficar muito fraca, o perfume vai evaporar e perderá sua propriedade.

      Espero ter te ajudado. :)

    2. oi Silvia, tudo bem? EStou com essa dificuldade tbm, vc encontrou algo para nos ajudar…Eu gostaria de colocar óleos essenciais mesmo…

  7. Carla você me ajudou a encontrar a cera de soja, muito obrigada! :)
    Preciso de uma outra ajuda: Qual a proporção de cera para a essência que você costuma usar?

    1. Olá, Márcia, fico muito feliz em ter te ajudado.

      A quantidade dependerá da concentração da essência. Quanto mais concentrado o produto, menor o número de gotas, mas geralmente para cada 500g de cera derretida, eu uso 20ml (para essências fortes) e 40ml (para essências suaves).
      Mas é importante só adicionar a essência quando a cera estiver morna, se você acrescentar com ela muito quente, pode acontecer da fragrância ficar muito fraca, o perfume vai evaporar e perderá sua propriedade.

      :)

  8. Olá, gostaria de saber algum vendedor de cera de soja, aqui na minha região não achei e só localizei uma mista na internet ( ecomix) , adorei as dicas , gostaria muito de saber de um algum bom vendedor.

    1. Olá, Sara,

      Realmente você dificilmente irá encontrar a cera 100% de soja, a mais comum aqui no Brasil são as compostas por 65% soja e 35% hidrocarbonetos. Neste caso, a Eco Mix é a melhor opção. https://goo.gl/VUTSXT

      Uma das melhores marcas é a Candles Cience, que vende nos Estados Unidos, veja o link: https://goo.gl/8X8N5t

      Mas você encontra também a cera 100% soja no Ebay: https://goo.gl/Vsq7Jc o problema é que nem sempre eles entregam no Brasil.

      Espero ter lhe ajudado :)

    1. Oi Carolina, eu nunca vi isso. Você se refere a gordura vegetal culinária? Já vi velas feitas com óleo de coco, (que é um tipo de gordura vegetal), se for óleo de coco ou de damasco, pode usar sim, agora, se for gordura vegetal daquelas usadas para fritar pastel, eu não recomendo, pois nunca testei. Me passe o link deste vídeo, gostaria de ver.

      Obrigada :)

        1. Obrigada, pelo link. Assiti.

          Vamos lá;
          No vídeo fica claro que ele usa a gordura vegetal culinária hidrogenada, (a dele é da marca Primor), eu entrei no site da marca para ver a composição dessa gordura, mas não encontrei, aí fui no mercado e vi, basicamente é feita de: Óleos vegetais hidrogenados e antioxidantes: BHT e ácido cítrico.

          Acredito que os óleos vegetais descritos na composição sejam: Óleo de palma, canola/colza, girassol, soja, e/ou milho.
          O hidrogenado, significa que passou por um processo enorme de hidrogenação em condições de alta pressão e temperatura, que torna a gordura líquida em gordura sólida.

          O BHT ou di-terc-butil metil fenol ou hidroxitolueno butilado, é um aditivo alimentar e conservante, resumindo, ele faz com que o alimento não estrague rápido. Há estudos que comprovam que em algumas pessoas há dificuldade de metabolização do BHT pelo organismo, e dúvidas a respeito de ser ou não cancerígeno.

          Eu sei que:
          Se misturarmos no momento de derreter a parafina algumas gorduras, (coco, damasco, cacau e outras), obtemos uma vela menos dura, suavizamos a aparência, deixando com menos imperfeições e fixamos a essência, mas ao mesmo tempo a parafina derreterá mais rápido e dependendo da proporção entre parafina e gordura, teremos uma queima mais rápida.

          O Peter Paiva usa a gordura vegetal para que a parafina não fique tão dura quando estiver fria e sólida. Mas vale lembrar que isso só serve para velas que não serão desmoldadas, pois quando acesas, elas ficam líquidas muito rapidamente.

          Resumindo, pelo o que vi no vídeo dele, o “efeito” de usar a gordura vegetal culinária e qualquer outra gordura como; o óleo de coco, o óleo de damasco, manteiga de cacau e outras, é praticamente o mesmo. Exceto quando levamos em conta a composição e os componentes da gordura vegetal Primor. Além disso, se você comparar o preço dessas gorduras, verá que a gordura vegetal culinária é muito mais barata que a gordura de coco ou damasco e consequentemente muito mais fácil de encontrar no mercado.
          Tem que lembrar também, que a gordura Primor quase não tem cheiro, já a gordura de coco e damasco, tem o cheiro da fruta.
          Talvez seja por estes motivos que ele use e tenha indicado a gordura Primor.
          (PS. As dicas dele sobre os tipos de pavios são ótimas).

          Agora, eu, jamais usaria a gordura vegetal hidrogenada para fazer qualquer coisa, nem em velas e muito menos para comer, justamente por não concordar com o consumo de gorduras hidrogenadas, que são gorduras trans, eu leio o rótulo de tudo que consumo e estou sempre de olho nisso.
          Principalmente se a idéia for produzir uma vela de soja não poluente e vegana, pois mesmo a gordura hidrogenada não sendo derivada do petróleo e de animais, eu prefiro não usá-la.

          No final do meu post: Vela de cera de coco https://umdocedia.com.br/vela-de-cera-de-coco/, tem algumas outras dicas sobre misturas de ceras.
          Espero ter te ajudado.

          :)

          1. Super obrigada!!! Adorei sua análise!!
            Eu estou fazendo vela com cera de palma e tenho dificuldade de saber quantos ml de oleo de coco coloco no óleo essencial. E acho que as velas não ficam duras … pelo contrário..
            Obrigada mais uma vez!

          2. :) Imagina.

            Quanto a quantidade de óleo de coco x quantidade de cera, fica difícil de passar uma medita exata, pois cada cera tem uma composição diferente e cada mistura proporcionará um tipo diferente de vela.
            Eu sugiro sempre usar 1/3 de óleo de coco e 2/3 de cera para velas feitas em copos e que não serão desinformadas. Mas vale ir testando. Pois as vezes, essa proporção exala bastante o perfume da vela, mas ao mesmo tempo, faz com que ela dure menos e queime muito mais rápido.
            A cera de abelha, por exemplo, é super resistente e queima muito mais devagar do que a cera de soja. Outro exemplo é a parafina derivada do petróleo, ela é super dura e queima bem mais devagar. Isso porque cada cera contém hidrocarbonetos diferentes, uns mais inflamáveis e outros menos, isso determina não só a qualidade da vela como também sua duração.

Deixe uma resposta para Raísa Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: