Como multiplicar (brotar) sua suculenta

As suculentas são verdadeiras “pragas”, onde encostam se multiplicam e sua reprodução vegetativa é *através do enraizamento das folhas (processo conhecido por estaquia), por isso é tão fácil cultivá-las. E o melhor de tudo, não há segredos e até o mais desajeitado consegue ter sucesso.


Passo 1

– Compre uma plantinha saudável e se possível alta. Normalmente, uma suculenta que não recebe muito sol, começa a crescer para cima, se esticando em direção à luz, suas folhas vão ficando cada vez mais espaçadas e o tronco bem lenhoso. Esses exemplares são as melhores para propagação.


Passo 2

– Arranque com cuidado todas as folhas da parte de baixo do caule. A melhor forma, é puxando delicadamente para baixo. Consiga folhas inteiras! Uma folha parcial não brotará.


Passo 3

– Depois de remover as folhas de baixo, corte o que sobrou da parte de cima e não descarte nada. Guarde as folhas, a terra, o caule liso que sobrou e a própria suculenta que está na sua mão.


Passo 4

– Replante a parte superior da suculenta em um vaso e deixe ao sol por alguns dias. Você verá que ela criará raizes e voltará a crescer.


Passo 5

– Prepare a terra; coloque em um vaso raso e largo uma mistura de 2 partes de areia, 1 parte de terra vegetal, 1/2 parte de humus de minhoca e 2 colheres de sopa de água.

As suculentas amam substratos aerados, mas nada impede de você usar somente terra, só saiba que irá demorar um pouco mais para obter seus primeiros brotos.

– Depois do substrato pronto, acomode todas as folhas retiradas da suculenta mãe.
– Após alguns dias, essas folhas começarão a produzir raízes e logo depois, aparecerão as primeiras folhinhas. Neste ponto é comum as folhas murcharem.

– Mais alguns dias e as folhinhas virarão mini suculentas.
– Regue sem encharcar a terra a cada 2 dias.


Passo 6

– Quando as suculentas atingirem cerca de 1cm, replante-as no vaso final.


Ahh! Lembra do caule lenhoso? Pois é, se bem cuidado e mantido ao sol, ele pode brotar também. Ai é só esperar as suculentas crescerem e começar o processo novamente.


*Para saber mais sobre o assunto, leia as matérias contidas nos links.

Plantas que brotam por *estaquia: Violetas, begônia, espada-de-são-Jorge, manjericão, suculentas e outras.

Reprodução vegetativa por divisão de *touceiras: Morango, hortelã e outras. Neste tipo, se mantém as folhas na planta mãe, porém as mesmas são colocadas em contato com a terra até produzirem raízes, após isso, pode-se cortar e separar as mudas.

Imagens: Tawni Daigle do Needles + Leaves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: