A cor do tempo por Georges Hobeika

Para sua nova coleção, Georges Hobeika capturou a essência do tempo; o imortal amor que atravessa gerações.

Inspirado por fotografias de 1920, o estilista criou vestidos extensos que revelam uma linguagem sofisticada e elaborada; grampeados excepcionais e preciosas sedas autênticas, com uma paleta bege, prata, ouro e cinza, repleto de sutis transparências, volumes, recortes arejados e bordados virtuosos com cristais cintilantes.  Confira:

Vestidos: Georges Hobeika 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: